domingo, 27 de dezembro de 2009

Pequena sonata unifônica (João Paulo Feliciano Magalhaes)


Se,
Num gesto teocriativo,
Pudesse transfigurar teu olhar numa nota musical
De uma escala femeodiatônica...
Alocaria-o no si,
Que de tão sensível,
Sibilariza o se
E o faz se não uma condição
Mas um firmamento possível.

Si...

Um comentário:

poetriz disse...

Lembrei a música do Djavam:

"Não há como doer pra decidir
Só dizer sim ou não
Mas você adora um se..."