sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Cinza, verde ou azul?!


Você, que já não tem coragem de ver o que há por trás das córneas, lembre-se, o vinho depois de aberto deve ser bebido; do contrário, ele vira vinagre. E suas imagens foscas, que outrora brilharam, devem ao menos serem polidas com o óleo da coragem. Se foge, é porque a imagem que vê é agulha na veia, se olha, salga mais ainda os mares de Pessoa, se o cega é para que não lhe veja -- porém o que vê necessita apenas de um cafuneiana sabedoria. E ainda aquela -- inflacionada -- palavra de quando as almas ainda conversavam e se fundiam ecoa nos vãos do cérebro... e me dão medo. Medo do hoje, mais medo do amanhã! Viva apenas! É o que resta! Mas tenha coragem de olhar!

Um comentário:

Denis disse...

LOuco esse João é meu Idolo!!!
o maior maestro que já vi!!
abraço Irmão!!!

Profº Denis Maimoni